O Rio Mundaú é o manancial responsável pelo abastecimento de água da cidade de União dos Palmares. Os Distritos de Rocha Cavalcante e Timbó têm como mananciais fontes de encosta.

 O Rio Mundaú nasce na cidade de Garanhuns, com cerca de 69 km percorrendo áreas do Estado de Pernambuco, e desemboca na Lagoa Mundaú, em Maceio-AL. A bacia do Rio Mundaú possui uma área de 4.126 km², banhando trinta municípios. Em seu trecho pernambucano, a bacia apresenta uma área de 2.155 km2, localizada na Mesorregião do Agreste Pernambucano, onde estão total ou parcialmente inseridos territórios de 15 municípios, com uma população de mais de 215.000 habitantes. Estão situadas no referido trecho 8 sedes municipais, sendo quatro totalmente inseridos na bacia (Angelim, Correntes, Palmeirina e São João) e outros quatro têm a sede do município inserida na bacia (Caetés, Canhotinho, Lagoa do Ouro e Garanhuns, a maior delas).

Na parte alagoana da bacia, que corresponde à sua metade inferior, a superfície é de 1.971 km2, onde estão, total ou parcialmente, inseridos territórios de 15 municípios da Mesorregião do Leste Alagoano, abrangendo uma população de cerca de 230.000 habitantes. Encontram-se no trecho de Alagoas, 10 sedes municipais, além de uma pequena parte da zona urbana de Maceió, destacando-se como principais núcleos urbanos, as cidades de Rio Largo e União dos Palmares.

 Os principais afluentes do rio Mundaú no estado de Pernambuco são, pela margem direita, Riacho Conceição, Riacho Salgado, Rio Correntes e Rio Mundauzinho; e, pela margem esquerda, o rio Canhoto. O rio Canhoto, que deságua no rio Mundaú em território alagoano, é o afluente mais importante e tem, por sua vez, como principal contribuinte o rio Inhaúma.

Fonte: http://www.semarh.al.gov.br/

Leave a Reply